Fornecendo Exposição

imagem-biografia-01

Em setembro de 2004, dois meses após a Olimpíada de Atenas, a revista Mix Marketing levou as bancas uma matéria- que inclusive foi capa- na qual mostrava a importância que as fornecedora esportivas davam aos grandes eventos, em especial as Olimpíadas.

Na maioria das modalidades as duas marcas lá estavam brigando por cada centímetro ou milésimo de segundo. Nike e Adidas investiram forte para aproveitar das olimpíadas na Grécia para aumentarem seus faturamentos com vendas e exposição.

A Speedo apostou em apenas uma modalidade, a natação, mas, com 95% dos atletas usando suas roupas, as perspectivas de aumento nas vendas são grandes. A empresa americana inovou com a “pele de tubarão”, novo macacão que diminui o atrito do atleta com a água. Apesar da novidade custar caro, a empresa aposta no aumento das vendas de camisas, bonés, shorts e outros produtos com o a exposição que teve no evento.

No Brasil, a Olympikus foi a patrocinadora de toda a delegação no evento. Com isso, a perspectiva da empresa é subir seu faturamento em 50%. Desde 97, quando iniciou a parceria com o COB, que a empresa brasileira enfrenta problemas com outras fornecedoras que já patrocinam atletas nacionais.

 

Mix Marketing set 04 olimpíadas 04

Filed in: Portifólio de Mídias

Deixe um comentário

Comentar

WP-SpamFree by Pole Position Marketing

© 2018 Anderson Gurgel. - Todos os Direitos Reservados. XHTML / CSS Valid.
Desenvolvimento Doka Comunicação.